Quem sou eu

Minha foto
São Carlos (cidade natal), SP, Brazil
Sou formada em Psicologia pela UFU em 1996, fiz Aprimoramento Profissional em Psicologia Hospitalar pela PUC/Camp em 1998, formação de Educadora Perinatal pelo Grupo de Apoio à Maternidade Ativa em 2004, e Curso de Extensão em Preparação Psicológica e Física para a Gestação, Parto, Puerpério e Aleitamento pela UNICAMP em 2006, onde,neste mesmo ano, participei da palestra "Dando à luz em liberdade - Parto e Nascimento como Evento Familiar" com a parteira mexicana Naolí Vinaver Lopez. O que é uma doula? Aquela que serve (ajuda)outra mulher durante o trabalho de parto. Gosto de pensar a doula como acompanhante facilitadora. E o que é educadora perinatal? Aquela que tem formação para dar cursos para gestantes, falando sobre as mudanças no corpo da gestante, desenvolvimento do feto, parto, amamentação, puerpério e primeiros cuidados com o recém-nascido. Atualmente morando em São Carlos/SP. Contato: vaniacrbezerra@yahoo.com.br (16) 99794-3566 (16)34137012

sábado, 4 de julho de 2009

O parto da Sol na novela "América"

21/10/2005

Ah foi muito engraçado! Eu via a cena e ficava imaginando o Brasil todo morrendo de dó da moça e eu morrendo de rir!

Depois do início do TP ela saiu de casa durante uma tempestade prá procurar ajuda pq o telefone não estava funcionando. Ela mora na cidade, mas sabe-se lá pq, na próxima cena ela estava andando sózinha no meio do pasto durante uma baita tempestade, com o TOURO fungando por perto, e ela gritava SOCORROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

As contrações foram sem intervalo desde o começo - e é bom que fique claro: isso é um baita problema, raro, mas que quando acontece é motivo prá correr prá maternidade.

Aí ela achou um paiol, e o bebê nasceu praticamente na mangedoura. Só mostrou ela se deitando e na próxima cena o bebê já havia nascido. Aí Tião chegou, fez respiração boca a boca no bebê até ele chorar, e depois o enrolou em panos e saiu pela tempestade pra levá-lo ao hospital, onde foi diagnosticado o grave problema cardíaco.

Foi assim!

Viu? Sou uma baita noveleira. Mas já era antes do Batatinha nascer e não vou botar a culpa nele! Rs...

E já quero deixar claro que na minha opinião novela é novela, não tem intuito informativo e não tem obrigação de ser cientificamente irrepreensível. Cinema é cinema, novela é novela e ciência é ciência. Cada macaco no seu galho. Eu deixo prá sentir raiva quando aparece um senhor no Fantástico, falando em nome da ciência e só sai abobrinha. Isso sim me dá raiva!

Beijoooooooooos noveleiros,

Vânia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário